Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hyperlapse App

por Miguel Reis, em 27.08.14

 

 

 

O Instagram anunciou ontem à tarde o lançamento de uma nova app chamada Hyperlapse que, confesso, me deixou bastante entusiasmado pelo seu gigantesco potencial criativo.

 

A par da profissionalização crescente dos bloggers, youtubers e viners , parece-me que, em breve, os hyperlapsers serão também uma realidade. Aguardemos.

 

"We’re excited to announce Hyperlapse from Instagram, a new app to capture high-quality time lapse videos even while in motion.

Traditionally, time lapse videos depend on holding your phone or camera still while you film. Hyperlapse from Instagram features built-in stabilization technology that lets you create moving, handheld time lapses that result in a cinematic look, quality and feel—a feat that has previously only been possible with expensive equipment." (@ Instagram Blog)

 

A App é gratuita e está já disponível para iOS (v 7.0) e brevemente para Android.

 

Vídeos de apresentação da app e da sua tecnologia de estabilização de imagem, em baixo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

ASAP54 - O Shazam da moda

por Miguel Reis, em 05.08.14

 

 

 

"Qualquer fashionista conhece bem a frustração de ver uma foto de uma celebridade a usar uma peça de roupa extraordinária e não conseguir encontrar a sua proveniência."

 

É assim que a revista Entrepreneur abre o artigo dedicado à app ASAP54, enquadrado num especial "100 brilliant companies". 

 

Daniela Cecilio, a mente por detrás da app, após perceber que as pesquisas escritas não funcionavam para solucionar a procura de peças de roupa, decidiu apostar na criação de uma aplicação baseada em tecnologia de reconhecimento visual que possibilitasse resultados mais satisfatórios.

 

A app é relativamente simples de usar. Tira-se uma fotografia e automaticamente a app vai procurar, na sua base de dados, por produtos iguais ou similares. Os resultados das pesquisas efetuadas são apenas possíveis graças ao envolvimento de diversos engenheiros especialistas em tecnologia de reconhecimento visual (de onde sobressai o especialista Daniel Heesch) que trabalharam na  criação de um algoritmo que compara e identifica múltiplos itens tendo em conta as diferentes texturas ou padrões.

 

 

A página de Facebook da ASAP54 dá vários exemplos de utilização? Vejamos:

 

 

Clutch...

 

 

Vestidos...

 

 

Sandálias...

 

 

 

Fios...

 

 

And on..and on...

 

Atualmente a base de dados da ASAP54 inclui mais de 1 milhão de produtos fruto de parcerias realizadas com lojas como Neiman Marcus, Barneys New York, Net-A-Porter, J.Crew, Topshop, Forever 21, entre muitas outras. O modelo de negócio é simples: a app fica com 5 % de comissão de cada compra realizada através da app. Os fãs da app podem também pertencer à comunidade ASAP54 e ver os principais "style influencers", comentar e explorar as pesquisas mais populares da rede.

 

Em termos de investimento, porque é sempre bom saber, a ASAP54 recebeu $3.75 milhões de dólares de investidores como a e.ventures e Ceyuan.

 

Sobre a criadora, Daniela Cecilio nasceu em São Paulo, foi para Londres estudar design de moda, passou pela Farfetch até lançar em abril de 2013 a ASAP54.

 

A app é gratuita e está disponível para iOS . Brevemente chegará a Android.

 

Crucial para qualquer consultor de imagem e fashionista.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Secret App

por Miguel Reis, em 20.02.14

 

 

 

Apesar de já haver vários projetos dentro do conceito de comunidade online anónima, a app Secret proporcionou uma história curiosa. Antes de mais, o que é? Basicamente é uma rede social onde todos os utilizadores são anónimos, sem username ou foto de perfil. O foco é a mensagem. Qual é o resultado de estar presente numa rede de forma anónima? Pelo pouco que pude observar, o tipo de conteúdo partilhado de forma anónima é muito mais honesto e natural que o Facebook, assim como feedback que se obtém, o que não quer dizer que seja o mais agradável, nem tão pouco o mais pertinente. Quando o anonimato se associa à impunidade das palavras dos users, é fácil adivinhar o resultado.

 

Naturalmente, a partilha e interação sob anonimato pode trazer coisas boas e más, mas foquemo-nos nas boas através de um exemplo do que se passou nesta rede.

 

Ivan Kirigin, fundador da YesGraph, uma empresa que funciona como ferramenta ao recrutamento, fingiu ser um iOS Engineer para perceber qual seria o resultado se fizesse um post a dizer que estava disposto a deixar a sua startup para abraçar outro projeto. O resultado foi surpreendente - 7 propostas de emprego de empresas em poucas horas. Não só da própria Secret, como também de projectos como o Tumblr ou o Flickr, entre outras.

 

Claro que se o Ivan fingisse ser consultor de comunicação, talvez o resultado fosse diferente e menos expansivo. Será que surgiam propostas, como algumas que se leem em sites de emprego nacionais, para estágios como Account Manager?

 

(…)

 

É relevante refletir sobre quatro pontos desta história e fazer um watch-out:

 

1 - O anonimato do post fez com que o sentimento de ajuda na rede fosse evidente e o feedback obtido rapidamente;

- A comunidade de Silicone Valey está muito atenta e ativa nesta app, o que é um excelente indicador do seu potencial;

- As start-ups tecnológicas nacionais devem dar-lhe uma oportunidade e explorá-la desde já, antes que a mesma se massifique e perca a sua identidade (tecnológica) atual;

4 - iOS Engineer é uma profissão com (muito) futuro…

 

Um watch-out a levar muito a sério (via review de um utilizador na App Store) - “When my friends (high schoolers) discovered this app, it automatically turned to trouble. Now most high schools in my area are just talking crap about many people, including names. This app can be a real danger to cyber bullying. I've already been a victim and I don't want others to be victims. It would be a good app if it didn't start out on the wrong foot, especially with rude high schoolers.”

 

Mais detalhes sobre a história no Business Insider.

 

Mais sobre o arranque da Secret e os seus criadores, pode ser lido no Techcrunch.

 

A aplicação Secret pode ser descarregada aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D