Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Para quem trabalha na área da comunicação, não é novidade que as marcas e agências de comunicação encontraram nos bloggers um suporte de comunicação adicional para a implementação da sua estratégia. É mais uma forma de posicionar produtos e conceitos numa ramificação da comunicação que tem aumentado de relevância, audiência, profissionalização e valores.

 

Paralelamente à dinâmica dos bloggers em Portugal, há algum tempo que os Youtubers têm vindo a captar uma atenção crescente de algumas marcas em Portugal e é um segmento que tem vindo a crescer de importância. Há cerca de 3 meses estava a beber um café no centro do país e duas teenagers que estavam ao meu lado comentavam o novo vídeo de um conhecido Youtuber nacional que reconheci pelo nome. Não precisei de mais provas para perceber que o fenómeno dos Youtubers estava para ficar. Vemos hoje vários fenómenos nacionais a nascer em Portugal e parece-me que nos próximos tempos haverá uma seleção natural dos principais players neste segmento, tal como já aconteceu com os bloggers nos últimos anos.

 

Inevitalmente, face à procura crescente, muito dos Youtubers vão passar a ter agenciamento que, a par do que já acontece com alguns blogues, vão servir de intermediário com as marcas e ficar com a sua dízima.

 

Podia trazer centenas de exemplos de Youtubers, mas escolhi um exemplo vindo de Londres, o de Paul Wallace, pois não é um Youtuber megalómano com milhões de seguidores. É um exemplo mais mediano de alguém que explora um nicho muito interessante e mais próximo daquele que uma pessoa "normal", com foco, trabalho e originalidade pode alcançar e tornar num negócio rentável.

 

Paul tem o seu canal de Youtube SupercarsofLondon desde os 15 anos. Desde miúdo que, fruto da sua paixão por automóveis, grava vídeos de supercarros no centro de Londres e diverte-se a colocá-los no seu canal. Hoje, já com 23 anos anos, tem no seu canal mais de 700 vídeos de diversos automóveis de luxo, 60.000 subscritores e cerca de 67 milhões de visualizações.

 

Qual o retorno financeiro de um hobby que começou aos 15 anos de idade?

 

25.000 dólares por mês em publicidade. 

 

A CNN fez uma reportagem sobre o exemplo de Paul Wallace que recomendo para se perceber como tudo evoluiu desde um hobby de um rapazinho que gostava de carros, até um negócio sério de 300.000 dólares por ano.

 

 

 

Se os Youtubers em outros países já alcançaram um estatuto e lugar próprio, em Portugal, esse posicionamento ainda se encontra em maturação, mas não é por isso que não deve ser já alvo de uma atenta análise das empresas que pretendem passar a integrar os Youtubers na sua estratégia de comunicação, como se tem vindo a verificar com algumas marcas.

 

No entanto, da mesma forma que surgiram alguns casos polémicos envolvendo bloggers e marcas em Portugal num passado recente, é importante que as marcas e agências avancem com alguma calma de forma a perceber o grau de maturidade que está do outro lado e respetivo perfil, sob pena de haver prejuízos e crises desnecessárias causadas por algum deslumbramento que já se viu em tempos com algumas bloggers que receberam palco sem estarem preparadas, a que se juntou alguma ingenuidade das marcas e agências, pois era um território novo, do qual se conhecia pouco, empiricamente falando. 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D