Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Hyperlapse App

por Miguel Reis, em 27.08.14

 

 

 

O Instagram anunciou ontem à tarde o lançamento de uma nova app chamada Hyperlapse que, confesso, me deixou bastante entusiasmado pelo seu gigantesco potencial criativo.

 

A par da profissionalização crescente dos bloggers, youtubers e viners , parece-me que, em breve, os hyperlapsers serão também uma realidade. Aguardemos.

 

"We’re excited to announce Hyperlapse from Instagram, a new app to capture high-quality time lapse videos even while in motion.

Traditionally, time lapse videos depend on holding your phone or camera still while you film. Hyperlapse from Instagram features built-in stabilization technology that lets you create moving, handheld time lapses that result in a cinematic look, quality and feel—a feat that has previously only been possible with expensive equipment." (@ Instagram Blog)

 

A App é gratuita e está já disponível para iOS (v 7.0) e brevemente para Android.

 

Vídeos de apresentação da app e da sua tecnologia de estabilização de imagem, em baixo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Um tónico da vida

por Miguel Reis, em 21.08.14

O mês passado li uma interessante entrevista na Marketeer a um ex-banqueiro da JP Morgan que decidira desistir da sua carreira na banca para lançar uma marca de gin. (How cool is that?) Enquanto lia a entrevista pensava para mim o quão interessante seria conhecer aquela figura e dar-lhe os parabéns por ter arriscado a sua carreira em prol de um sonho. Falo de Anshuman Vohra, CEO do gin BullDog.

 

Nos últimos dois anos, cultivo um ritual muito próprio de enviar uma mensagem a responsáveis por histórias, projetos ou episódios inspiradores que vou lendo e este episódio não constituiu exceção. É evidente que nem sempre obtenho feedback, mas, como o meu único objetivo com este ritual é "apenas" dar a conhecer a alguém que o que está a fazer tem significado, fica sempre a sensação de dever cumprido. Além do mais, tenho para mim sempre bem vincada uma velha máxima que li pela primeira vez no (agora gratuito) livro do CEO do projeto TrendHunter.com, Jeremy Gutsche - "expect the best, but be prepared for the worst"...uma máxima que assenta bem a um consultor de comunicação, creio.

 

Após a mensagem enviada, não só obtive feedback, como houve lugar para 20 minutos de uma agradável conversa sobre diversos temas que cuja partilha é irrelevante.

 

Dias depois, fruto de um convite do próprio, conhecia pessoalmente Mr. Anshuman num evento da marca e tinha a possibilidade de lhe dar os parabéns pela sua história de vida.

 

Este episódio é-me particularmente relevante de partilhar porque me permitiu conseguir ligar alguns pontos que andavam soltos, nomeadamente:

 

  • O caso de um colega de liceu que começou um blogue sobre BTT e ciclismo e nunca mostrou interesse em aceitar o meu convite para lhe dar algumas dicas sobre como gerar mais notoriedade para o seu projeto;

  • Um colega de faculdade que não tinha emprego e depois de lhe conseguir arranjar uma entrevista, na véspera, me disse que tinha de reagendar porque já tinha planos para ir à praia;

  • Um desconhecido que desafiei a escrever para este blogue, mas que declinou porque "não tinha tempo";

 

Estes casos reais são úteis para tirar uma grande conclusão que interliga todas estas histórias e que surge sob forma de duas passagens d´O Principezinho, de Antoine de Saint Exupéry. 

 

O que significa "cativar"?

 

É uma coisa de que toda a gente se esqueceu - disse a raposa.

 

(...)

 

O que é um rito? - perguntou o principezinho.

- Também é uma coisa de que toda a gente se esqueceu - respondeu a raposa. - É o que faz com que um dia seja diferente dos outros dias, uma hora diferente das outras horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

ASAP54 - O Shazam da moda

por Miguel Reis, em 05.08.14

 

 

 

"Qualquer fashionista conhece bem a frustração de ver uma foto de uma celebridade a usar uma peça de roupa extraordinária e não conseguir encontrar a sua proveniência."

 

É assim que a revista Entrepreneur abre o artigo dedicado à app ASAP54, enquadrado num especial "100 brilliant companies". 

 

Daniela Cecilio, a mente por detrás da app, após perceber que as pesquisas escritas não funcionavam para solucionar a procura de peças de roupa, decidiu apostar na criação de uma aplicação baseada em tecnologia de reconhecimento visual que possibilitasse resultados mais satisfatórios.

 

A app é relativamente simples de usar. Tira-se uma fotografia e automaticamente a app vai procurar, na sua base de dados, por produtos iguais ou similares. Os resultados das pesquisas efetuadas são apenas possíveis graças ao envolvimento de diversos engenheiros especialistas em tecnologia de reconhecimento visual (de onde sobressai o especialista Daniel Heesch) que trabalharam na  criação de um algoritmo que compara e identifica múltiplos itens tendo em conta as diferentes texturas ou padrões.

 

 

A página de Facebook da ASAP54 dá vários exemplos de utilização? Vejamos:

 

 

Clutch...

 

 

Vestidos...

 

 

Sandálias...

 

 

 

Fios...

 

 

And on..and on...

 

Atualmente a base de dados da ASAP54 inclui mais de 1 milhão de produtos fruto de parcerias realizadas com lojas como Neiman Marcus, Barneys New York, Net-A-Porter, J.Crew, Topshop, Forever 21, entre muitas outras. O modelo de negócio é simples: a app fica com 5 % de comissão de cada compra realizada através da app. Os fãs da app podem também pertencer à comunidade ASAP54 e ver os principais "style influencers", comentar e explorar as pesquisas mais populares da rede.

 

Em termos de investimento, porque é sempre bom saber, a ASAP54 recebeu $3.75 milhões de dólares de investidores como a e.ventures e Ceyuan.

 

Sobre a criadora, Daniela Cecilio nasceu em São Paulo, foi para Londres estudar design de moda, passou pela Farfetch até lançar em abril de 2013 a ASAP54.

 

A app é gratuita e está disponível para iOS . Brevemente chegará a Android.

 

Crucial para qualquer consultor de imagem e fashionista.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D